RECUPERAÇÂO DE SENHA

Mini hábitos do Ayurveda

Cada vez mais conhecida no Ocidente, a medicina Ayurveda tem origem na Índia e 5 mil anos de história – é o mais antigo sistema de saúde de que se tem notícia.  O termo “Ayurveda” vem do sânscrito e significa “ciência da vida”, ou seja, ela propõe o bem estar físico e emocional por meio da harmonia entre corpo, mente e alma.

 

Conheça alguns mini-hábitos do Ayurveda , fáceis de incluir na sua rotina, e seus benefícios: 

Raspar a Língua
Adote esse hábito simples logo no começo do seu dia! Por que a gente ama? Raspar a língua logo cedo elimina toxinas, bactérias e células mortas que podem estar acumuladas na sua boca, já que durante a noite o nosso corpo elimina toxinas através da língua, formando uma leve película branca. Uma das maiores tradições da Ayurveda, este hábito funciona como um detox natural. Além disso, a língua limpa possibilita que você sinta melhor o sabor dos alimentos e também melhora a digestão – que começa mesmo na boca. Estudos na área da odontologia demonstram que o raspador é mais eficaz do que a escova para remover as bactérias que ficam na língua e também recomendam a prática.

 Agua morna em jejum

Se água morna pura ajuda você a acender seu Agni (fogo digestivo), acrescente algumas gotas de limão para ficar ainda melhor. Fazendo isso frequentemente você percebe a diferença na sua digestão e no funcionamento do seu intestino!

Consumir Cúrcuma

As principais propriedades da cúrcuma são suas ações anti-inflamatória, antioxidante, antibacteriana e digestiva. Por isso tudo esta planta tem vários benefícios para o corpo, como:

  1. Melhorar a digestão;
  2. Ajudar na perda de peso;
  3. Combater resfriados e gripes;
  4. Evitar crises de asma;
  5. Desintoxicar e tratar problemas de fígado;
  6. Regular a flora intestinal;
  7. Regular colesterol;
  8. Estimular o sistema imune;
  9. Aliviar inflamações da pele, como eczema, acne ou psoríase;
  10. Melhorar a resposta anti-inflatória natural.

 

Receita Ayurvédica

Diferente dos “detox milagrosos” conhecidos pela falta de muitos alimentos, o Kitchari mantém a quantidade ideal de ingredientes que o corpo precisa para ficar bem, trazendo carboidratos, proteínas e fibras. Além disso, o elevado uso de especiarias antioxidantes, termogênicas, anti-sépticas, digestivas e calmantes torna o prato um detox confortável e delicioso, que promove a limpeza e o cuidado com o corpo, sem agredi-lo.

 

Para fazer o Kitchari é necessário uma combinação básica de leguminosa leve, grão, legumes da estação e especiarias. Você pode usar feijão mungo, lentilha amarela ou similar e arroz basmati ou outros (os “originais” são sempre de origem indiana, mas pode abrasileirar, desde que sejam opções parecidas e mais leves).

 

Escolha os legumes de acordo com o que está disponível na sua região e clima, para consumi-los ainda mais frescos. Abóbora cabotiá, abobrinha, cenoura, couve-flor, brócolis...  Quanto às especiarias, isso pode variar conforme o gosto de cada um, mas para começar a dica é acrescentar uma colher de chá das mais suaves e uma colher de café das mais fortes. Algumas opções de especiarias são cúrcuma (ou açafrão-da-terra), gengibre, pimenta-do-reino, cominho, canela, cravo, cardamomo, louro, erva- doce e coentro.

 

Para fazer é realmente muito simples. Deixe o feijão ou lentilha de molho por um tempo antes do preparo. Depois, acrescente um fio de óleo ou azeite na panela e refogue o gengibre e cebola. Então, acrescente as especiarias e uma quantidade bem pequena de sal. Mexa por 1 minuto, adicione a leguminosa e o grão e cubra com água. Daí é só cozinhar por 30 ou 40 minutos em fogo médio, ou até ficar no ponto ideal.

 

TOP